Iroko

Ìrókò é o orixá da cura, da paz, da harmonia social, da tranquilidade, da fertilidade e do poder espiritual. Capaz de atrair e preservar o axé, tem como símbolos máximos a árvore sagrada ìrókò e florestas, parques e jardins. Tem por símbolos também o espaço, o tempo, a terra, òta (pedra de assentamento), ìrùkèrè (cauda de animal que, após preparo artesanal e mágico, é carregada por sacerdotes e reis como sinal de realeza e poder) e búzios. Ìrókò veste branco e colares multicoloridos. Tem relação estreita com Egbé, Ossaim, Egungun, Geledé e Iyami Oxorongá, entre outros orixás. Favorece o desenvolvimento do ori e da sensibilidade às energias sutis: por isso, um de seus nomes é Olúwéré, Senhor dos mistérios e da rapidez. O fato de Ìrókò favorecer o desenvolvimento do ori faz com que alivie estados de perturbação mental e estimule firmeza e estabilidade pessoais, tornando a pessoa mais forte e apta a enfrentar os desafios da vida. É cultuado em sinal de gratidão à natureza, por tudo o que ela oferece ao homem.