Kori

Kori é a Òrìsà da juventude e da vida, mas, como para viver não basta respirar, o seu àse confere um sentido à existência de seus devotos, facilitando o processo pelo qual cumprirão seu bom destino. É protetora das crianças, especialmente das crianças abiku. Todas as pessoas são constituídas de energias positivas e de energias negativas, mas em alguns casos o peso de elementos como dificuldades, teimosia e desgraças é acentuado. Kori é cultuada para romper com estas desgraças, trabalhando ao lado de Egbé e de Ibeji para manter os abikus na terra. Ao lado de Egungun e de Ifá, atua para corrigir o mau destino de um devoto e para neutralizar um fluxo energético passageiro, mas nocivo. Kori atua em questões relacionadas a fertilidade e a sobrevivência.