Odu

A palavra Odù designa 256 Áwon Òrìsà que estabelecem relações hierárquicas entre si e, simultaneamente, cada um dos capítulos do corpus literário de Ifá e suas respectivas configurações geomânticas, obtidas pela queda dos búzios, dos ikin ou do òpèlè. O corpus literário de Ifá é, ao mesmo tempo, o conjunto de saberes sagrados e códigos de conduta do povo iorubá e o registro de todos os acontecimentos míticos e históricos dignos de nota desse povo, transmitidos entre os babalaôs de geração a geração há milênios através da longa cadeia da tradição oral. Há 16 odus maiores, Ojù Odù, e 240 menores, Omo Odù ou Àmúlù Odù, compondo um total de 4.096 (16 x 16 x 16) poemas que servem de suporte para a interpretação oracular. Os Omo Odù, literalmente criança/filho do Odu, são considerados filhos dos odus maiores, sendo seus nomes compostos pelos nomes dos principais, dos quais “herdam” características.